Vaticano em crise: encerre todas as contas externas e transfira dinheiro para a APSA

0

Caros amigos e inimigos de Stilum Curiae, recebemos uma carta que o Prefeito do Secretariado de Economia e Finanças, Juan A. Guerrero, SJ, enviou aos chefes de todos os departamentos do Vaticano, solicitando, essencialmente, que fechassem todos os atuais “contas externas” dos vários dicastérios e escritórios e transfere o dinheiro preservado nessas contas para a APSA, a Administração do Patrimônio da Santa Sé, administrada pelo ex-secretário da Conferência Episcopal Italiana, Bispo Nunzio Galantino, e bispo Gustavo Zanchetta, o bispo protegido pelo Papa Bergoglio, que está sob investigação na Argentina por suposto abuso sexual de seminaristas e criticado por sua administração financeira da diocese de Orano, da qual ele fugiu de repente, apenas para reaparecer em Santa Marta.

Aos Chefes do Dicastério
Aos Chefes de Entidades e Órgãos da Santa Sé
Ao Presidente da Governadoria do Estado da Cidade do Vaticano

Do Vaticano, 8 de maio de 2020

Reverendo Eminência,
Reverendo Excelência,
Reverendo Monsenhor,
Doutor Egrégio,

Escrevo isso depois da Reunião Inter-Dicasterial de 4 de maio presidida pelo Santo Padre, que abordou as implicações econômicas e financeiras para a Santa Sé e o Estado da Cidade do Vaticano decorrentes da emergência de Covid-19.

Após o processo de consulta do grupo de trabalho composto pelos Superiores da Secretaria de Estado, do Conselho de Economia, da Secretaria de Economia, da Administração do Patrimônio da Santa Sé, da Congregação para a Evangelização dos Povos e da Governadoria do Estado da Cidade do Vaticano, no contexto da reunião acima mencionada, foram discutidas outras medidas econômicas, a fim de fortalecer a posição financeira geral nesse momento econômico particularmente negativo.

Tendo considerado as determinações que surgiram e informado a Autoridade Superior, agora estou pedindo para poder implementar o que foi estabelecido com relação à gestão da liquidez de cada Entidade. Mais particularmente, solicito o seguinte:

Mantenha os fundos mantidos na APSA, evitando transferi-los para outras instituições financeiras, exceto os destinados e vinculados a atividades, projetos ou doações específicas.
Transferir para a APSA qualquer liquidez atualmente em contas correntes com instituições financeiras externas.
Transferir para a APSA qualquer liquidez em contas correntes no IOR.

Onde for necessário manter um depósito junto ao IOR ou a outros bancos para atender às necessidades operacionais, solicito que comunique isso a esta Secretaria o mais rápido possível.

O Secretariado da Economia permanece à sua disposição para qualquer esclarecimento necessário. Agradecendo a atenção dada a esse assunto e aproveitando a ocasião para oferecer meus melhores cumprimentos.

Juan A. Guerrero, SJ, prefeito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui