Trump sobe o tom: “Vamos chamar o Coronavírus de Vírus Chinês”

0

O vírus “veio da China. Acho que esta é uma fórmula muito precisa”, disse Trump

Fonte: republicadecuritiba.net

O presidente americano, Donald Trump, defendeu o uso da expressão “vírus chinês” para referir-se ao novo coronavírus, enfurecendo Pequim. O vírus “veio da China. Acho que esta é uma fórmula muito precisa”, disse Trump.

“A China difunde informações erradas de que nosso exército teria transmitido o vírus. Em vez de me meter em polêmica, disse: chamarei ele usando o país de onde vem”.

Já o governo chinês, de forma arbitrária, ordenou nesta terça-feira (17) que correspondentes do New York Times, Washington Post e Wall Street Journal entreguem suas credenciais de imprensa em duas semanas, o que de fato significa sua expulsão do país. O ministério das Relações Exteriores disse que a medida foi tomada em retaliação à decisão de Washington de reduzir o número de chineses autorizados a trabalhar para a mídia estatal chinesa em solo americano.

Este é mais um capítulo de uma série de desacordos entre os dois países nesta crise global da saúde. Nos últimos dias, várias autoridades chinesas divulgaram teorias sobre uma suposta conspiração e até apontaram que o coronavírus foi trazido para a China pelos militares dos EUA. Por sua parte, os membros do governo Trump usam termos para descrevê-lo que estigmatizam a China como responsável pela doença.

“Os Estados Unidos apoiarão fortemente as indústrias, como companhias aéreas e outras, que são particularmente afetadas pelo vírus chinês”, escreveu Trump no Twittter na segunda-feira (16).

Vários aliados de Trump já se referiram à pandemia como “coronavírus chinês”.

O Regime Ditatorial da China reagiu dizendo que está “indignada” com essa expressão usada por Trump.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui