Trump: campanha vai para a Suprema Corte

0
O presidente Donald Trump fala durante a noite da eleição na Sala Leste da Casa Branca em Washington, no início do dia 4 de novembro de 2020. (Mandel Ngan / AFP via Getty Images).

“Isso é uma fraude para o público americano. Isso é uma vergonha para nosso país”

O presidente Donald Trump disse na quarta-feira (4) que sua campanha pedirá ao Supremo Tribunal que suspenda a votação, já que ele afirmou ter vencido a eleição de 2020.

“Estaremos indo para a Suprema Corte dos EUA. Queremos que todas as votações parem. Não queremos que eles encontrem cédulas às 4 horas da manhã e as adicionem à lista”, disse Trump a apoiadores na Casa Branca em Washington.

Trump relatou a vitória na Flórida, Texas e Ohio poucas horas antes e apontou para as oportunidades que ele tem na Geórgia, Carolina do Norte, Pensilvânia, Michigan e Wisconsin.

“Não temos 12 votos e temos 60% restantes. Vencemos estados. E de repente, eu disse, ‘o que aconteceu com a eleição?’ Está cancelada”, disse Trump, referindo-se a como alguns condados em estados de campo de batalha cruciais pararam de processar as cédulas na terça ou na quarta-feira.

“Isso é uma fraude para o público americano. Isso é uma vergonha para nosso país. Estávamos nos preparando para vencer esta eleição. Francamente, vencemos esta eleição”, acrescentou, antes de apresentar o Supremo Tribunal.

A declaração de Trump veio cerca de 90 minutos depois que o candidato democrata à presidência, Joe Biden, sugeriu que ele estava a caminho da vitória, apontando para uma contestação inicial do Arizona em seu favor, bem como a projeção mais sólida de Minnesota para Biden.

Biden afirmou que poderia vencer na Geórgia, Wisconsin e Michigan, apesar dos déficits, e declarou: “Vamos vencer na Pensilvânia”.

O ex-vice-presidente disse à multidão em Delaware que eles deveriam ser pacientes enquanto os votos são contados, acrescentando: “Não acaba até que todos os votos sejam contados”.

“Mas estamos nos sentindo bem. Estamos nos sentindo bem em relação a onde estamos ”, disse Biden.

Fonte: Epoch Times.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui