Telegram lidera a lista de “downloads” de aplicativos no mundo

0
O aplicativo Telegram visto na tela de um celular (Foto de Edward Smith/Getty Images)

O Telegram foi o aplicativo não relacionado a jogos mais baixado em todo o mundo em janeiro

O gráfico da empresa de análise Sensor Tower mostra o Telegram no topo de todos os downloads e também dos downloads do Google Play.

O aplicativo de vídeo TikTok ficou em segundo lugar geral e no topo dos downloads da loja da Apple.

Signal, Facebook, WhatsApp, Instagram, Zoom, MX TakaTak, Snapchat e Facebook Messenger completaram a lista geral dos 10 mais procurados.

O Telegram passou da nona colocação em dezembro de 2020 para a primeira. As 63 milhões de instalações do Telegram em janeiro equivaleram a 3,8 vezes o seu download em janeiro de 2020, de acordo com o SensorTower.

O TikTok, o aplicativo não relacionado a jogos mais baixado em dezembro do ano passado, caiu um grau, enquanto o Facebook caiu dois e o WhatsApp também caiu dois.

O fundador do Telegram, Pavel Durov, elogiou a ascensão do aplicativo em seu canal, dizendo que o segredo da empresa é a consistência.

“Nos últimos 7,5 anos, defendemos consistentemente a privacidade de nossos usuários e melhoramos regularmente a qualidade e o conjunto de recursos de nossos aplicativos. Qualquer pessoa que permanece fiel a seus valores e aplica um esforço concentrado por um longo período de tempo está fadada ao sucesso em sua área. Isso é verdadeiro para qualquer ocupação humana – esporte, blog, arte, programação, negócios ou estudo”, escreveu ele.

O Telegram, que anunciou ter conquistado 90 milhões de novos usuários em janeiro, descreveu a si mesmo como um aplicativo de mensagens com foco em velocidade e segurança. Ultrapassou mais de 500 milhões de usuários ativos. O aplicativo gratuito também permite aos usuários criar grupos de até 200.000 pessoas e oferece suporte a chamadas de vídeo e bate-papo com vídeo.

O aumento do Signal também foi expressivo, já que nem estava entre os 10 primeiros no mês anterior.

O serviço de mensagens criptografadas, endossado pelo denunciante de inteligência dos EUA, Edward Snowden, é administrado por uma organização sem fins lucrativos independente. Também é gratuito e não tem anúncios.

Ambos os serviços são concorrentes do WhatsApp e do Facebook, que tem trazido preocupações aos seus usuários no quesito da privacidade.

De fato, o WhatsApp disse no mês passado que estava atrasando uma mudança planejada em sua política de privacidade, que exigiria que o aplicativo compartilhasse dados do usuário com o Facebook e Instagram.

O WhatsApp e o Messenger ainda continuam influentes. Eles são usados ​​por quase 2 bilhões de pessoas em todo o mundo, de acordo com a empresa de rastreamento de dados Apptopia. O Telegram tem 46 milhões de usuários diários e o Signal 13 milhões, informou a empresa.

“O WhatsApp e o Messenger são tão grandes que ainda vão manter aqueles usuários que não se preocupam com a privacidade, e continuarão atraindo aqueles que não se preocupam com o assunto. Eles são aplicativos convenientes para manter contato com a vovó, por exemplo, e isso não vai mudar”, disse um porta-voz do Apptopia à Fortune.

Fonte: The Epoch Times

Você gostou do conteúdo? Apoie o jornalismo independente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui