Situação em Cuba explode: homem de 39 anos foi assassinado pelos capangas de Fidel

0
Getty Images.
Screenshot.

A situação na ilha caribenha de Cuba está explodindo e há risco de sair do controle. O governo comunista é amplamente incapaz de responder às necessidades de seus cidadãos

O povo cubano está farto do comunismo. Não há água, eletricidade, comida ou remédios. Uma Youtuber relatou que o país precisava de ajuda com urgência, as pessoas em Cuba estavam sendo mortas e não tinham mais nada a perder. “Ou morrem de fome ou ficam doentes porque não há remédio, ou são mortos em uma manifestação.” Pouco depois do noticiário, a Youtuber Dina Stars foi presa pelos capangas de Fidel em seu apartamento em Havana. Isso aconteceu durante uma transmissão ao vivo com a emissora espanhola Cuatro. As últimas palavras da Youtuber até agora: “Eu responsabilizo o governo por tudo o que acontecer comigo.” Desde então, não se sabe nada sobre o seu paradeiro.

O exemplo de um homem de 39 anos nos arredores de Havana mostra como os comunistas são implacáveis ​​contra seus críticos. O homem também participou de manifestações críticas ao governo e, de acordo com as últimas investigações, foi baleado pelas “forças de segurança”. Segundo a mídia, ele era membro de um “grupo organizado por elementos anti-sociais e criminosos” que queria atacar a delegacia de polícia no bairro de La Guinera.

O governo central não divulgou mais nenhuma informação sobre as manifestações. Também é omisso sobre o desaparecimento de cerca de 150 manifestantes que, segundo o movimento de protesto de San Isidro, foram detidos ou são considerados desaparecidos. Díaz-Canel, líder do Partido Comunista de Cuba, escondeu-se desde Abril passado, na mesma medida que o seu predecessor Raul Castro. Os rumores sobre a fuga de Castro para a Venezuela estão crescendo, mas a confirmação ainda está pendente.

Fonte: Freiewelt

Você gostou do conteúdo? Apoie o jornalismo independente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui