Sinais de que o castigo previsto em Fátima pode ter começado

0

“Não apenas a Rússia espalhou seus erros por todo o mundo, mas pela primeira vez na história a maior parte da humanidade católica foi privada do Santo Sacrifício da Missa.”

Artigo escrito por John-Henry Westen, originalmente publicado em LifeSiteNews

Acabamos de completar o 103º aniversário da primeira aparição de Nossa Senhora de Fátima em 13 de maio – a Mãe de Deus apareceu a três filhos de pastor em Fátima Portugal para avisá-los e a toda a humanidade sobre o castigo a menos que mundo voltou de seus caminhos perversos para Cristo.

O milagre da dança do sol de 13 de outubro de 1917 em Fátima foi testemunhado por 70.000 pessoas com cobertura em todos os jornais seculares da época. Foi o milagre público mais espetacular de todos os tempos. O que o céu estava tentando se comunicar com esse evento estupendo?

Especificamente, ela alertou sobre graves ofensas em termos de impureza, o que leva mais pessoas ao inferno do que qualquer outro pecado. Ela pediu a oração do rosário e a consagração ao seu Imaculado Coração, como remédio para os ultrajes causados ​​contra os Sagrados Corações de Jesus e Maria. Ela disse que também voltaria para pedir a consagração da Rússia pelo papa e por todos os bispos do mundo.

ENTREVISTA EXCLUSIVA:
Coronavírus: Rússia e China espalham seus erros pelo mundo

Nossa Senhora alertou especificamente que, se a Rússia não fosse consagrada, haveria “guerras e perseguições contra a Igreja. Os bens serão martirizados, o Santo Padre terá muito a sofrer, várias nações serão aniquiladas”.

Ela previu a Segunda Guerra Mundial, e isso aconteceu. Ela previu que “serão introduzidas modas que ofenderão muito Nosso Senhor. Ai de mulheres sem modéstia. E isso aconteceu como nunca antes na história do mundo. Ela previu guerras, e houve mais guerras nos últimos trinta anos do que nunca. Ainda não vimos nações inteiras aniquiladas.

“No final, Meu Imaculado Coração triunfará”, prometeu. “O Santo Padre me consagrará a Rússia, que será convertida, e um período de paz será concedido ao mundo.” Aguardamos ansiosamente essa paz no mundo e na Igreja.

Quando cumprirmos os pedidos de comunhão de reparação de Nossa Senhora nos primeiros sábados e o Santo Padre responder ao pedido explícito de Nossa Senhora de Fátima, quando o Cardeal Burke falou nesta quarta-feira para consagrar a Rússia ao Seu Imaculado Coração, veremos o Triunfo do Imaculado Coração. Isto é – uma gloriosa paz nunca vista na Terra. Um tempo de grande alegria e fidelidade está chegando e, de fato, está chegando.

Há uma imensa esperança nesta verdade, nesta promessa. E não acho que tenhamos muito tempo para esperar.

O céu parece ter oferecido um cronograma sobre essas coisas, registrado nos escritos de Ir. Lucia dos Santos, a única dos três videntes de Fátima que viveram até a idade adulta.

Foi para Lucia que Nossa Senhora apareceu novamente em 1929 – 13 de junho de 1929 para ser exato. Ela então solicitou que o Papa, em união com os bispos do mundo, consagrasse a Rússia ao Seu Imaculado Coração. O único problema era que isso nunca aconteceu, e o céu mostrou que é frustração.

Nosso próprio Senhor apareceu a Ir. Lúcia em uma visão em 1931, expressando consternação por o Papa não realizar a consagração da Rússia, conforme solicitado. “Como o rei da França, eles se arrependerão e o farão, mas será tarde. A Rússia já terá espalhado seus erros pelo mundo. ” Ele acrescentou: “Dê a conhecer a Meus ministros, visto que eles seguem o exemplo do rei da França em adiar a execução de Minha exigência, eles também terão que segui-lo na desgraça”.

Esse aviso tem implicações para os nossos dias e talvez um pouco de cronograma também. A menção do rei da França por Nosso Senhor refere-se ao pedido que ele fez de Santa Margarida Maria Alacoque. Em 17 de junho de 1689, Jesus pediu a ela que o rei da França consagrasse a França ao Seu Sagrado Coração. Por cem anos, os reis da França falharam em fazer a consagração.

Em 17 de junho de 1789, 100 anos após o pedido, o rei da França foi despojado de sua autoridade legislativa e quatro anos depois executado.

Portanto, a advertência de Nosso Senhor a Lúcia de que o Papa e os bispos estão seguindo o exemplo do rei da França ao se recusarem a fazer a consagração e que seguiriam o mesmo infortúnio é realmente muito significativo – talvez significativo também em termos dos 100 cronograma do ano-a-dia.

Quando são os 100 anos para o pedido de Nossa Senhora de Fátima para consagrar a Rússia? Lembre-se de que em 1917 Nossa Senhora disse que voltaria para pedir a consagração e depois apareceu novamente dizendo que era hora de fazê-lo em 13 de junho de 1929. E estamos a menos de uma década do centenário do pedido de Nossa Senhora por a consagração da Rússia que seria 13 de junho de 2029.

Vamos fazer nossa parte para acelerar o triunfo do coração imaculado. Vamos rezar o Rosário, vestir o Escapulário, fazer a devoção aos Primeiros Sábados e pedir a consagração explícita ainda não feita da Rússia ao Imaculado Coração, como o cardeal Raymond Burke convocou quarta-feira no Fórum da Vida em Roma. Vamos orar para que isso aconteça antes de 13 de junho de 2029.

Hoje existem sinais que sugerem que podemos ter entrado no castigo profetizado por Fátima? Não apenas a Rússia espalhou seus erros por todo o mundo, mas pela primeira vez na história a maior parte da humanidade católica foi privada do Santo Sacrifício da Missa.

Nunca seremos capazes de compreender completamente a gravidade disso. Mas, para apreciar um pouco, ouça as palavras de Santo Afonso Ligouri em seus Discursos sobre a Missa e o Ofício. Ele escreveu: “Uma única missa dá mais honra a Deus do que jamais pode ser dada a Ele por todas as orações e austeridades dos santos, todos os trabalhos e fadigas dos apóstolos, todos os tormentos dos mártires e todas as adorações de Jesus. os serafins e da mãe de Deus.”

Nos últimos meses, esse, o maior dos tesouros da terra, a própria pérola de grande preço, foi tirado de nós. É uma perda além da compreensão. E enquanto essa privação continua, ela lembra os avisos apocalípticos do próprio Cristo, que lemos no evangelho de Mateus. “Quando, pois, virdes a abominação da desolação, que foi profetizada por Daniel, o profeta, em pé no lugar santo: quem lê, entende. Então os que estão na Judéia, fujam para os montes. ”

O versículo de Daniel a que Nosso Senhor se refere é Daniel 12:11 “E desde o momento em que o sacrifício contínuo for retirado, e a abominação para a desolação for estabelecida, haverá mil duzentos e noventa dias”.

Em uma conversa com alguns de meus amigos mais próximos, mencionei que a remoção da Missa de quase todos os fiéis da Terra parece um cumprimento dessa profecia, e estou rezando para que não dure tanto quanto o previsto – 1290 dias ou cerca de três anos e meio. Foi-me indicado, no entanto, que é claro que o Santo Sacrifício não cessou de fato, porque os padres continuam a oferecer a Missa em particular. No entanto, pareceu-me que, mesmo nos piores tempos vindouros, se todas as missas fossem proibidas sob pena de morte, sempre haverá padres fiéis que secretamente oferecem ao Santo Sacrifício felizes em arriscar suas vidas por fazê-lo.

Essa noção foi reforçada pela interpretação de São Robert Bellarmine em sua famosa obra On The Roman Pontiff, que interpreta essa passagem do Livro de Daniel como dizendo que “todas as cerimônias públicas e sacrifícios de religião cessarão”.

Provavelmente, existem todos os tipos de outras explicações, é claro, mas, será que esses sinais indicam que o castigo previsto em Fátima começou? Eu acho que as coisas provavelmente ficarão muito piores antes de melhorarem. Mas a boa notícia é que o castigo de Fátima, sempre que acontece, é o prelúdio do tempo mais glorioso de paz e conversão que jamais será concedido ao mundo.

Há trinta anos, o Papa Bento XVI esperava e orava pelo triunfo do Imaculado Coração. Em 13 de maio de 2010, ele esperava que isso ocorresse no centenário da primeira aparição de Fátima – 13 de maio de 2017.

O Papa Bento XVI disse: “Que os sete anos que nos separam do centenário das aparições apressem o cumprimento da profecia do triunfo do Imaculado Coração de Maria, para a glória da Santíssima Trindade.”

Sejamos esperançosos da mesma maneira e oremos para que vejamos o Triunfo do Coração Imaculado nesta década, que corresponde à mensagem que Nosso Senhor deu à Irmã Lúcia comparando o Rei da França ao Papa. ‘Que os nove anos que nos separam do centenário do pedido de Nossa Senhora para a consagração da Rússia apressem o cumprimento da profecia do triunfo do Imaculado Coração de Maria, para a glória da Santíssima Trindade!’

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui