Professor universitário diz que assassinaria Jesus se fosse mandado de volta no tempo

0
reprodução

Timothy Snediker ensina filosofia da religião na Universidade da Califórnia em Santa Bárbara

Um usuário do Twitter, Andrew Trask, perguntou a seus seguidores o que fariam se fossem transportados de volta no tempo a 2.000 anos atrás. Todas as respostas típicas e esperadas foram devolvidas a ele, mas um professor universitário, Timothy Snediker, teve uma visão maligna de como ele usaria essa oportunidade: ele mataria Jesus.

Timothy  Snediker, um professor de filosofia da religião da UC Santa Bárbara, respondeu ao Trask com a seguinte mensagem: “Fácil, eu encontraria e assassinaria Jesus de Nazaré”. Teologicamente falando, seria realmente importante pegá-lo antes que seu chamado e ministério começassem, o que me dá aproximadamente uma década para chegar à Palestina, localizar o homem, e fazer minha jogada. Eu não quero ser o heroico Judas”.

Depois de postar esta resposta, Snediker recebeu toneladas de mensagens de cristãos, afirmando que ele não passa de um covarde. Snediker fechou rapidamente sua conta – mas não antes que a Nationalist Review conseguisse arquivar sua página.

Não é de admirar que o estado do ensino superior esteja em tal desordem quando gente como Snediker está ensinando os americanos.

fonte:nationalistreview.net

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui