EUA: policiais encontram 39 crianças desaparecidas e resgatam 15 do tráfico sexual em Atlanta

0
Serviço US Marshalls via Flickr.

A cada quarenta segundos uma criança é raptada nos EUA

O US Marshals Service divulgou um comunicado à imprensa na quinta-feira (27) anunciando a recuperação de 39 crianças desaparecidas. Muitas delas foram resgatadas de traficantes de sexuais em Atlanta e Macon no estado da Geórgia.

A Operação chamada “Não esquecidas”, resultou no resgate de 26 crianças, a localização segura de 13 crianças e a prisão de nove associados criminosos. Além disso, os investigadores liberaram 26 mandados de prisão e apresentaram acusações adicionais por supostos crimes relacionados ao tráfico sexual, sequestro de pais, violações registradas de criminosos sexuais, posse de drogas e armas, e interferência na custódia. Os 26 mandados liberados incluíam 19 mandados de prisão para um total de nove indivíduos presos, alguns dos quais tinham mandados múltiplos.

“É uma boa sensação saber que estamos colocando o bandido atrás das grades. Mas esse sentimento de realização não é nada comparado a encontrar uma criança desaparecida”, disse Darby Kirby, chefe da Unidade Criança Desaparecida“. É difícil colocar em palavras o que sentimos quando resgatamos uma criança desaparecida, mas posso dizer que esta operação impactou cada um de nós aqui. Estamos trabalhando para protegê-los e dar-lhes a ajuda de que precisam”.

O Gabinete do Marechal dos EUA está enfrentando traficantes de crianças em todo o país. Esta missão relativamente nova para os US Marshals viu duas operações de grande escala recentemente e várias outras menores em todo o país. O futuro deve ver muitas operações semelhantes em todos os Estados Unidos, à medida que a Unidade de Crianças Desaparecidas aumenta as operações usando as habilidades de caça aos traficantes e resgate de menores desaparecidos.

“Somos realmente bons no que fazemos. Você sabe, eles nos chamaram de caçadores de homens. Bem, não somos mais apenas caçadores de homens”, disse o inspetor-chefe Darby Kirby, de acordo com a Fox. “Também ajudamos a salvar e resgatar crianças.”

As fotos divulgadas pelo USMS mostra que os marechais estão aproveitando sua nova missão. Na foto abaixo há um logotipo na tela com um guerreiro montado em um cavalo com a promessa “Crianças desaparecidas, vamos encontrar vocês” escrita nele. (Fotos: Shane T. McCoy / US Marshals).

Muitas das crianças foram levadas a centros de recuperação para vítimas de traumas de tráfico sexual.

A Fox informou que o Departamento de Investigação da Geórgia também participou do resgate. “Nunca deixaremos de procurar por você”. Essa é [a] mensagem”, disse o diretor da U.S. Marshalls, Donald Washington. “Não há trabalho mais significativo do que resgatar crianças. Nossos filhos não estão à venda e jamais serão esquecidos.”

Os policiais também prenderam 9 pessoas por crimes contra crianças, incluindo tráfico sexual e acusações de porte de armas. O United States Marshals Servic (USMS) deu uma entrevista coletiva e revelou que a cada mês 300 meninas são atraídas para o tráfico sexual em Atlanta. O USMS é responsável por trazer 100.000 fugitivos todos os anos, mas as autoridades dizem que esta operação, resgatar crianças, é muito mais importante e será uma prioridade no futuro. “Uma criança desaparecida vale milhares de fugitivos em minha mente”, disse Washington. “Também estamos realizando essas missões em outras cidades do país.” Washington citou Cleveland e New Orleans como algumas das cidades onde as operações atuais estão em andamento.

Tráfico de crianças

De acordo com o National Center for Missing and Exploited Children (Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas), 400.000 crianças são dadas como desaparecidas todos os anos nos Estados Unidos. Washington disse que a cada quarenta segundos uma criança é raptada neste país e a maioria das crianças desaparecidas está em risco de tráfico sexual. Os US Marshals estão fartos disso e estão liderando a busca para recuperá-las.

O diretor assistente da Georgia Bureau of Investigation (GBI), John Melvin, agradeceu ao presidente. “O mal existe e para enfrentá-lo é necessário uma liderança que o identifique, o denuncie e mobilize os recursos necessários para acabar com o problema e limpar a bagunça”, disse ele. “É por isso que sou tão grato pela liderança da administração Trump no nível federal”.

Melvin também agradeceu ao governador Brian Kemp (R-Ga.) E outros pela ajuda coordenada. Melvin chamou a operação de uma abordagem “holística” para resgate de crianças, já que a polícia está fazendo parceria com ministérios de bem-estar para ajudar as crianças a se recuperarem dos traumas.

Melvin também pediu oração. “Quero que continuem a orar por Hannah Palmquist, que é chefe da Unidade de Tráfico Humano no escritório do AG, assim como por John Fowler, porque estamos apenas a meio caminho da linha de chegada”, disse ele. “Precisamos responsabilizar esses perpetradores. Precisamos ter certeza de que eles estão presos para que nunca mais perpetrem seu mal contra as crianças da Geórgia.”

Fonte: pjmedia.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui