Pesquisa aponta que coronavírus pode causar infertilidade em homens

0
Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link https://www.agazeta.com.br/es/gv/exame-descarta-primeiro-caso-de-coronavirus-no-es-0220 ou utilize os recursos oferecidos na página. Textos, fotos, artes e vídeos da Rede Gazeta estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo digital e/ou do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização da Rede Gazeta (agenciaag@redegazeta.com.br). As regras têm como objetivo proteger o investimento que a Rede Gazeta faz para produzir um conteúdo jornalístico de qualidade.

Estudo foi publicada por cientistas chineses da Universidade Médica de Nanjing e do Hospital Suzhou,

Fonte: Agência Brasil

Uma pesquisa, realizada por cientistas chineses da Universidade Médica de Nanjing e do Hospital Suzhou, aponta que o novo tipo de coronavírus pode causar infertilidade nos homens. O estudo, liderado pelo médico Jianqing Wang, chefe do Departamento de Urologia do Hospital Suzhou, diz que os pacientes do sexo masculino afetados vírus SARS-Cov2 – que causa a doença Covid-19 – provavelmente se tornarão inférteis mesmo que se recuperem da infecção.

De acordo com a pesquisa, publicada na revista médica online medrxiv, o coronavírus geralmente ataca os receptores ACE2 (enzima conversora de angiotensina 2) nos tecidos humanos.

A equipe de pesquisadores em Urologia, composta por Jianqing Wang, Caibin Fan, Kai Li, Yanhong Ding e Wei Lu, concentrou-se principalmente nos tecidos renais e testiculares, já que estes também eram “ricos” com receptores ACE2, especialmente as células tubulares renais, Células de Leydig e células em ductos seminíferos no testículo.

Os resultados do estudo mostraram que o novo coronavírus expressava patogenicidade potente para os tecidos renal e testicular com lesões resultantes. Os tecidos testiculares danificados podem levar à infertilidade na maioria dos pacientes homens.

Os pesquisadores aconselharam que, durante os tratamentos medicamentosos com pacientes infectados, os médicos devem prestar muita atenção à avaliação da função renal. Alguns antivirais, conhecidos por exibir toxicidade renal, podem agravar os rins danificados pelo vírus.

Os pesquisadores também aconselharam que todos os médicos prestassem atenção ao risco de lesões testiculares em pacientes durante a hospitalização e posterior acompanhamento clínico, especialmente na avaliação e intervenção adequada na fertilidade de pacientes homens.

A pesquisa foi baseada nos conjuntos de dados de 146 pacientes do sexo masculino em três contextos diferentes.

O Thailand Medical News observa que a pesquisa ainda não foi revisada por pares. No entanto, os resultados desta pesquisa podem ter grandes implicações e efeitos nos milhares de pacientes masculinos infectados pelo coronavírus.

Fonte: Conexão Política

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui