Padre convida Trump a consagrar os EUA ao Imaculado Coração de Maria

0

O pedido ao presidente é para o dia 7 de outubro, festa de Nossa Senhora da Vitória,  a ser realizado no Santuário Nacional de Santo Afonso de Ligório, em Baltimore

Um padre católico em Baltimore, nos EUA, convidou o presidente Donald Trump a consagrar os Estados Unidos à Santíssima Virgem Maria.

O Padre Ian Bozant, sacerdote da Fraternidade Sacerdotal de São Pedro (FSSP) no Santuário Nacional de Santo Afonso de Ligório, disse que a inspiração em pedir para o Presidente Trump consagrar a nação a Nossa Senhora veio depois de testemunhar Christopher Macchio cantar “Ave Maria” em a Convenção Nacional Republicana (RNC).

No dia 8 de setembro, festa da Natividade de Nossa Senhora, pe. Bozant enviou uma carta ao presidente Trump pedindo-lhe que consagrasse os Estados Unidos ao Imaculado Coração de Maria no dia 7 de outubro, festa de Nossa Senhora da Vitória.

“Sr. Presidente, você recebeu a autoridade de governar esta nação de Deus Todo-Poderoso, pois toda autoridade vem dEle (cf. Romanos 13: 1) ”, pe. Bozant escreveu. “Como resultado, você e todos os líderes deste mundo estão envolvidos em uma batalha entre o bem e o mal, a luz e as trevas. Esta batalha não deve ser travada sozinho. Peço-lhe que consagre esta grande nação à Bem-Aventurada Virgem Maria, para que possa invocar a proteção da grande Mãe de Deus ”.

“À luz dos acontecimentos recentes em nossa nação, um ato de consagração à Mãe Santíssima parece cada vez mais importante, confiando nós mesmos e nossa nação à sua poderosa intercessão”, pe. Bozant disse a seus paroquianos por e-mail. 

Historicamente, o dia 7 de outubro tem um grande significado para os católicos. Naquele dia, em 1571, os exércitos católicos derrotaram o Império Otomano na Batalha de Lepanto por intercessão de Nossa Senhora e pelo poder do Rosário .

Além disso, a história da Arquidiocese de Baltimore torna o local ideal para o presidente Trump consagrar os Estados Unidos ao Imaculado Coração de Maria. A Arquidiocese de Baltimore foi a primeira diocese católica estabelecida no país, com o Bispo John Carroll como seu primeiro bispo em 1789. Apenas três anos após o Bispo Carroll ter sido nomeado, ele consagrou a jovem nação a Maria sob o título de a Imaculada Conceição .

A Arquidiocese de Baltimore está na vanguarda da história do país e é por isso que pe. Bozant está pedindo ao presidente Trump para consagrar o país à proteção da Santíssima Mãe no Santuário de Santo Afonso de Ligório. Caso o Presidente Trump aceite o convite, ele terá a oportunidade de pedir a Nossa Senhora da Vitória que “leve a luz da vitória às trevas que se reúnem” nos Estados Unidos, assim como ela fez na Batalha de Lepanto. 

Em sua carta, pe. Bozant agradeceu ao Presidente Trump por invocar a intercessão de Nossa Senhora na “Ave Maria” no RNC. Ele também lembrou o presidente da importância de pedir ajuda e proteção de Maria através da oração.

“A Igreja Católica invocou a intercessão de santos e padroeiras particulares em todos os países do mundo. A padroeira dos Estados Unidos é a Santíssima Virgem Maria sob o título de Imaculada Conceição e, portanto, foi mais apropriado que uma oração invocando sua ajuda fosse cantada da sede do Poder Executivo desta grande nação e eu o elogio por isso ”, pe. Bozant disse ao presidente Trump.  

Fr. Bozant elogiou o Presidente Trump por invocar a ajuda de Nossa Senhora e explicou como seria apropriado para o Presidente consagrar os Estados Unidos à proteção da Santíssima Virgem Maria, uma vez que ele é o Comandante em Chefe da nação.

No mesmo e-mail, pe. Bozant lembrou seus paroquianos de seu dever de orar pelos líderes de nossa nação e esperar que eles consagrem o país à proteção de Nossa Senhora.

Fonte: Lifesitenews

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui