O tribunal da Nova Inquisição eletrônica censurou vídeo de cardeal mexicano

0
Divulgação.

A denúncia da exploração da pandemia para a imposição da nova ordem mundial foi classificada como “informação falsa”

O cardeal mexicano Juan Sandoval Íñiguez, arcebispo emérito de Guadalajara, postou em 12 de janeiro um vídeo de nove minutos e meio, intitulado “Trama de uma nova ordem”. O serviço de informação da Arquidiocese de Guadalajara depois divulgou nota, informando que “O Cardeal Juan Sandoval denunciou a imposição de uma nova ordem mundial, horas depois seu vídeo foi censurado ”.

De fato, o Facebook censurou o vídeo do cardeal mexicano, por sugerir que os líderes globalistas estão explorando a pandemia do coronavírus para criar uma nova ordem mundial. No lugar do vídeo semanal do cardeal, o Facebook exibiu uma captura de tela do vídeo esmaecida, com o título “Informação falsa”. Abaixo dele, o Facebook acrescentou: “Esta publicação repete informações sobre COVID-19 que verificadores de fatos independentes consideraram falsas.”

Desse modo os mecanismos da Nova Inquisição, poderoso braço oculto da máquina de manipulação de opinião dos artífices dessa Nova Ordem, entraram em ação para calar a voz da Igreja. Depois de sofrer durante séculos a guerra cultural movida pelos inimigos da civilização cristã por causa dos tribunais eclesiásticos criados para julgar os casos de perfídia dos hereges, a Igreja Católica assistiu neste início do milênio uma publicação de alto dignitário, o cardeal mexicano, ser julgada pelo tribunal eletrônico e decretada a censura de suas palavras. E o que ele disse, que foi considerado intolerável?

O cardeal começa dizendo: “Queridos amigos, isso vai durar muito tempo. Esta pandemia não terminará em um ou dois meses, talvez não neste ano, talvez não em três, quatro, cinco, seis anos”, disse ele. “Isso é o que esses homens querem. Será um longo percurso. É uma situação difícil e difícil, como nunca se viu na história da humanidade”.

“Bill Gates é um profeta e prediz o futuro”, observou o cardeal ironicamente, “e não apenas previu a chegada do coronavírus, mas também alertou sobre uma possível futura pandemia de varíola”.

“O que eles buscam é um governo mundial, uma nova ordem mundial”, denuncia o cardeal no vídeo. “Eles querem um único governo mundial, um único exército, uma única moeda, uma única economia e também uma única religião – essa certamente não será a religião cristã”, disse ele. “Será a religião da Mãe Terra, em nome da humanidade e da fraternidade universal.”

O lúcido cardeal apontou a nova religião que está sendo implantada no mundo e até indicou um de seus profetas, o bilionário norte-americano Bill Gates. Com o desvelo de um pastor que enfrenta com coragem o lobo, o cardeal disse às suas ovelhas:

“As pandemias servem para enfraquecer as nações; elas as empobrecem e as endividam, derrubando suas economias ”, alertou Sandoval. “Elas também fragilizam a educação, fechando escolas e substituindo-as pelo ensino a distância. Essas pandemias também impedem a prática religiosa, como vimos no ano passado”, disse ele. “Elas fecham as igrejas, reduzem o número de pessoas que podem adorar. Mas, acima de tudo, estão criando medo, um medo terrível entre as pessoas”, esclareceu.

Os novos inquisidores se julgam os donos do mundo. Mas se verão obrigados a retirar a censura sobre o corajoso cardeal. Esse tipo de violência moral e de controle é sintoma da debilidade e fraqueza do sistema que querem implantar no mundo, que não consegue mais convencer e arrastar a opinião pública.

Informações: Breitbart

Você gostou do conteúdo? Apoie o jornalismo independente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui