Mortes pelo coronavírus sobem para 170 na China; economia mundial é afetada

0
Crédito: AP Foto Emily Wang

Especialistas apontam que a crise reduziria um ponto percentual do crescimento da China no primeiro trimestre

O número de mortes pelo tipo novo de coronavírus alcançou a marca de 170 na China. Como consequência, os mercados financeiros de vários países sentiram o impacto da epidemia que assola a segunda maior economia do mundo.

Segundo especialistas, a crise reduziria um ponto percentual do crescimento da China no primeiro trimestre deste ano, as ações globais caíram e o Yuan Chinês atingiu o menor nível em 2020. O setor petrolífero também sentiu o impacto e os preços do petróleo voltaram a cair.

Além da China, outros 18 países já confirmaram casos da doença em nos quatro continentes, são eles: China (+ Hong Kong, Macau, Taiwan), Japão, Malásia, Singapura, Coreia do Sul, Tailândia, Vietnã, Nepal, Camboja, Sri Lanka, Emirados Árabes, Índia, Filipinas, EUA, Canadá, Europa, França, Alemanha, Finlândia e Austrália.

A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é de que mais de 7 mil pessoas tenham sido infectadas pelo vírus. Das 170 mortes registradas, a maioria aconteceu na província de Hubei, onde fica Wuhan, cidade epicentro da doença. A localidade está isolada há uma semana pelas autoridades chinesas como medida para tentar conter a expansão do vírus para o restante do país. No local, 60 milhões de pessoas agora vivem sob o bloqueio.

Medidas de contenção

Diversos países cancelaram voos provenientes da China para evitar a propagação da doença. Já a Rússia fechou a fronteira com China para frear a transmissão. No Brasil, nove casos são investigados como suspeitos e, até a manhã desta quinta-feira (30) o Ministério da Saúde não havia confirmado nenhum caso no país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui