Irã pede ajuda de U$ 5 milhões ao FMI para controlar coronavírus

0
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil/Divulgação

País acumula cerca de 9 mil infectados e 354 mortes

O Irã anunciou nesta quinta-feira (12) que pediu financiamento ao Fundo Monetário Internacional (FMI) para controlar a situação do novo coronavírus, que está afetando o país com intensidade. O pedido de financiamento é de cerca de U$ 5 mil milhões de dólares.

O anúncio foi feito pelo ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Javad Zarif, que afirmou que “a diretora do FMI, Kristalina Georgieva, declarou que os países afetados pelo Covid-19 serão apoiados pelo Instrumento de Financiamento Rápido do FMI, e por isso, o nosso Banco Central solicitou o acesso a esse instrumento imediatamente”.

O governador do Banco Central iraniano, Abdolnaser Hemmati, confirmou o pedido de “ U$ 5 mil milhões de dólares ao fundo de emergência internacional para ajudar no combate ao coronavírus”, cita a Reuters. A última vez que o país pediu ajuda ao FMI foi em 1962.

O Instrumento de Financiamento Rápido é uma ferramenta que fornece assistência financeira aos países que enfrentam necessidades urgentes na balança de pagamentos.

O Irã é o terceiro país do mundo com maior número de infectados, depois da China e da Itália. O país tem 9 mil infectados e 354 mortes.

Com mais de 126 mil infectados e mais de 4 mil mortes em todo o mundo, a Organização Mundial de Saúde declarou, esta quarta-feira (11), o novo coronavírus como pandemia.

Fonte: Agência Brasil, com informações da RTP (emissora pública de televisão de Portugal)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui