Homem preso por estuprar crianças será libertado porque está “mudando de sexo”

0
Buena Vista County Jail

Joseph Matthew Smith é acusado de pelo menos 15 estupros contra vítimas de 1 a 13 anos

Conforme o Breitbart apurou, Joseph Matthew Smith, de 23 anos é acusado de pelo menos 15 estupros contra vítimas de 1 a 13 anos, e encontra-se detido desde 2015 no estado americano de Iowa.

Contudo, apesar dos graves crimes que cometeu, Smith “supostamente será libertado da prisão em Iowa porque não é mais considerado uma ameaça desde que começou o tratamento hormonal transgênero e está considerando uma cirurgia de mudança de sexo.”

Em 16 de janeiro, o porta-voz do procurador-geral de Iowa, Lynn Hicks, disse que a acusação “não está mais buscando a detenção de Smith porque os níveis hormonais de um infrator são uma parte importante para comprovar a probabilidade de reincidência dele.”

“Não acreditamos que tenhamos provas suficientes para provar que Josie Smith tem uma chance significativa de reincidência”, arrematou Lynn Hicks.

De acordo com o relatório

Smith recebeu tratamento para mudança de sexo nos últimos dois anos no Centro Correcional de Newton e a partir de então começou a usar os pronomes femininos. Ele também expressou preferência por se identificar como Josie, de acordo com documentos do tribunal.

Um porta-voz do Departamento de Correções de Iowa disse que Smith foi transferido no sábado (25) para a Unidade de Tratamento Residencial da Cidade de Sioux para liberação transitória. Ele não disse quando Smith será libertado.

O Times disse que um relatório preliminar do Dr. Jeffrey Davis, que é descrito como um “especialista” estadual, afirma: “A probabilidade de reincidência dentro de cinco anos após a libertação excedeu 20% porque as vítimas eram de ambos os sexos, e porque Smith tinha menos de 25 anos e nunca teve um relacionamento de longo prazo”.

Smith, que passou a sua infância em Louisiana, foi alegadamente molestado repetidamente desde os sete anos.

Muitos comentadores públicos expressaram choque com o relatório da decisão de libertar Smith, incluindo a transexual Blaire White, que disse numa mensagem de vídeo: “Este é um precedente nojento e perigoso”.

O escritor Matt Walsh tweetou que a história da libertação do Smith é “absolutamente louca”.

Fonte: Breitbart e estudos nacionais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui