Episcopado polonês recomenda mais Missas para combater o coronavírus ‪

0
gaudiumpress.org / Divulgação

O objetivo é reduzir o número de fiéis por Celebração Eucarística, evitando a aglomeração de pessoas

Fonte: gaudiumpress.org

Diante da disseminação do coronavírus pelo mundo todo, o presidente da Conferência Episcopal da Polônia, Dom Stanislaw Gadecki, exortou aos sacerdotes do país para que celebrem mais Santas Missas dominicais, com o objetivo de reduzir o número de fiéis por Celebração Eucarística e evitar a aglomeração de pessoas.

“Em conexão com as recomendações da Inspeção Sanitária Principal de que não deve haver grande concentração de pessoas, peço para aumentar – tanto quanto possível – o número de Missas dominicais nas igrejas, para que a quantidade de fiéis que participam da liturgia ao mesmo tempo siga as recomendações do serviço de saúde”, afirmou o prelado através de uma mensagem divulgada esta semana.

Dom Gadecki ressaltou que os hospitais curam enfermidades do corpo e as igrejas servem, entre outras coisas, para curar enfermidades da alma. “Portanto, é impensável que não rezemos em nossas igrejas”, pontuou.

O Arcebispo Primaz da Polônia, recordou ainda que os idosos e enfermos podem ficar em casa e acompanhar a transmissão da Santa Missa dominical através dos meios de comunicação. Além disso, indicou que os fiéis não precisam dar o sinal da paz durante a Celebração Eucarística apertando as mãos, a fim de evitar a propagação do vírus.

Por fim, pediu para que os fiéis rezem “pela saúde dos enfermos e pelos profissionais de saúde que trabalham para impedir a propagação do vírus. Rezemos pelo fim da epidemia”, concluiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui