Enfermeiro mata a namorada médica após suspeitar que foi contaminado com coronavírus por ela

0

O casal foi testado para a doença, mas os exames não apontaram diagnóstico positivo para o Covid-19

Fonte: istoe.com e Daily Mail

O enfermeiro Antonio De Pace, de 28 anos, confessou ter matado a própria namorada, a médica recém-formada, Lorena Quaranta, de 27, na Itália. Logo após o crime, o homem ligou para as autoridades. Ele ainda tentou se suicidar cortando os pulsos, no entanto, foi socorrido.

Segundo o jornal, os dois trabalhavam no mesmo hospital em Messina, na Sicília, e cuidavam do atendimento de infectados pelo coronavírus. Antonio disse às autoridades que matou Lorena porque ela havia lhe passado coronavírus.

No entanto, o casal foi testado para a doença, mas os exames não apontaram diagnóstico positivo para o Covid-19. As autoridades italianas estão investigando o caso. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui