China registra 12 novos casos de coronavírus, sete deles em Pequim

0
Pessoas fazem fila para serem submetidas a teste para Covid-19 em Pequim 15/06/2020 REUTERS/Thomas Peter.

Três casos são referentes a pessoas que vieram do exterior, e os outros nove de contágios locais

A Comissão Nacional de Saúde da China informou que foram registrados 12 casos de infecção pelo novo coronavírus no país na terça-feira (23), dos quais três são referentes a pessoas que vieram do exterior, e os outros nove a contágios locais, sete deles em Pequim.

A capital chinesa intensificou o nível de ações contra a pandemia na semana passada, em uma tentativa de conter um surto detectado no principal mercado popular da cidade e que até o momento causou 252 contágios.

Funcionários de restaurantes, universidades, mercados e centros comerciais de Pequim foram submetidos a exames em larga escala, e as autoridades já consideram o surto como “sob controle”.

A capacidade de testes dobrou nos últimos dias com a chegada de profissionais de saúde e laboratórios móveis de outras províncias chinesas que podem analisar até 230 mil amostras por dia.

Todas as aulas presenciais na capital estão suspensas, e os moradores são aconselhados a trabalhar em casa. Comunidades em áreas de “alto risco” foram isoladas, e ninguém pode sair delas.

Casos “importados” em Xangai

Além dos sete casos detectados na capital, a China registrou duas outras infecções locais na província de Hebei, ao norte do país e vizinha de Pequim. E dos três casos “importados”, dois foram relatados na cidade de Xangai, e o outro na província de Shaanxi.

A Comissão Nacional de Saúde não relatou mortes por covid-19 entre segunda e terça-feira e informou que três pacientes receberam alta. O número total de pessoas infectadas na China atualmente é de 368, 12 delas internadas em estado grave. Desde o início da pandemia, o país contabilizou 83.430 casos e 4.634 mortes.

Fonte: EFE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui