Bloomberg paga multas para 32 mil criminosos na Flórida para que eles possam votar

0

A Flórida aprovou uma lei em 2018 restabelecendo o direito de voto para criminosos que ditava que eles só poderiam se registrar se pagassem todas as multas, taxas e restituições

O bilionário Michael Bloomberg supostamente arrecadou mais de US $ 16 milhões em um esforço para ajudar criminosos condenados na Flórida a se registrar para votar. A Florida Rights Restoration Coalition estimou que o esforço de arrecadação de fundos da Bloomberg já pagou as obrigações monetárias de 32 mil criminosos, relatou Axios .

“O direito de votar é fundamental para nossa democracia e nenhum americano deve ter esse direito negado”, disse um porta-voz da Bloomberg à agência de notícias. “Trabalhando junto com a Coalizão de Restauração de Direitos da Flórida, estamos determinados a acabar com a privação de direitos e a discriminação que sempre os motivou.”

A Flórida aprovou uma lei em 2018 restabelecendo o direito de voto para criminosos que ditava que eles só poderiam se registrar se pagassem todas as multas, taxas e restituições – às vezes totalizando mais de US $ 1.000 – devidas ao governo.

O 11º Tribunal de Apelações do Circuito dos Estados Unidos, que cobre a Flórida, decidiu na semana passada manter a lei.

Na semana passada, várias redes de televisão também se comprometeram a doar dinheiro para a causa.

Bloomberg, que concorreu nas primárias democratas à presidência, endossou o candidato do partido, Joe Biden, e doou pelo menos US $ 100 milhões para a campanha do ex-vice-presidente para derrotar o Presidente Trump.

Fonte: The Hill

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui