Autoridades europeias avançam na ideia de formar um novo bloco conservador

0
Wikimedia Commons

‘Renascimento europeu’ deve ser pautado em valores cristãos

O primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, no mês de abril, decidiu unir forças ao lado do primeiro-ministro polonês, Mateusz Morawiecki, e de Matteo Salvini, da Itália, para desenvolver um novo bloco político de conservadores em nível europeu.

Após uma série de encontros naquele mês, lideranças de direita devem voltar a dialogar nos próximos dias. Órbán tem dito que é preciso resgatar um processo de “Renascimento europeu baseado em valores cristãos”.

A nova aliança deve firmar, além de outros pontos, a defesa ampla em torno do Estado de Direito, além de fomentar total garantia da liberdade de expressão, incluindo as liberdades individuais como eixo indispensável.

‘Make Europe great again’ 

Para Salvini, líder italiano, é necessário fazer com que a Europa ‘seja grande novamente’.

No entanto, segundo ele, isso só será possível quando existir um retorno aos ‘valores originais’.

Os três políticos são frequentemente retratados como as principais figuras da direita conservadora na Europa. Orbán e Morawiecki, do Partido Lei e Justiça (PiS), seguem em exercício de cargo e comandam governos de direita.

Fonte: Conexão Política

Você gostou do conteúdo? Apoie o jornalismo independente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui