Apreensões na fronteira México/EUA aumentam em 157 por cento em relação ao ano passado

0
Foto: U.S Border Patrol/Laredo Sector

O salto maciço ocorre em meio às controversas novas políticas do governo Biden com relação á segurança de fronteira e fiscalização da imigração.

Os agentes da Patrulha Fronteiriça prenderam 75.198 imigrantes que cruzaram ilegalmente a fronteira mexicana para os EUA em janeiro, de acordo com o Relatório de Migração da Fronteira Sudoeste de janeiro divulgado pela Alfândega e Proteção da Fronteira dos EUA na noite de quarta-feira(10). Isso, em comparação com as 29.205 prisões de janeiro do ano passado, representa um aumento de 157 por cento. As apreensões representam o maior número para janeiro desde 2006, quando os agentes levaram mais de 101.000 imigrantes sob custódia.

“Continuamos a cumprir vigilantemente nossa missão de proteger nossas fronteiras e aumentar a prosperidade econômica do país, facilitando o comércio e as viagens legítimas”, Troy Miller, Funcionário Senior da CBP afirmou por e-mail às 19h da noite de quarta-feira. “Embora a CBP continue a experimentar um aumento nas tentativas de travessia mensais na fronteira, como visto desde abril do ano passado, o aumento parece estar ocorrendo em uma pequena fração de locais ao longo da fronteira sudoeste, o que é consistente com as tendências dos anos anteriores.

Já as informações divulgadas na noite de quarta-feira mostram um quadro diferente. As apreensões de adultos solteiros aumentaram em porcentagens de três dígitos em todos os nove setores da fronteira sudoeste, comparando 20 de janeiro a 21 de janeiro – 182% no geral.

Da mesma forma, a apreensão de crianças desacompanhadas também saltou em todos os nove setores da fronteira sudoeste. Os Setores Del Rio e Big Bend testemunharam aumentos percentuais de três dígitos. Mais significativamente, o setor do Vale do Rio Grande, o setor mais movimentado do país, saltou de 4.215 crianças desacompanhadas para 7.295 – um aumento de 73%.

O aumento de janeiro marca o nono mês consecutivo de aumento das apreensões na fronteira. O ponto mais baixo veio em abril de 2020, quando as apreensões caíram para 17.104.

Fonte: breitbart.com

Você gostou do conteúdo? Apoie o jornalismo independente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor registre seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui